quarta-feira, 16 de maio de 2018

Alvaro Dias é diferenciado, deixou de receber aposentadoria de ex-governador, confira.

Resultado de imagem para alvaro dias
Por que o senador Alvaro Dias é diferente? A política precisa de gente honesta, mas, por si só não resolve. Alvaro tem esses atributos e tem propostas, daí um pré-candidato a presidência que irá dispará quando iniciar os debates, confira abaixo e tire suas conclusões.

“Eu abri mão dos meus privilégios. Eu tenho uma aposentadoria de ex-governador, que é o teto salarial, há 26 anos, porque quando eu fui governador, eu fui dois anos antes da Constituinte. Eu sou o único a não receber. Outros, que nem direito líquido e certo teriam, recebem inclusive viúvas de ex-governadores”, expôs. 
O senador falou que, fazendo os cálculos, foram mais de R$ 10 milhões que ele deixou de ganhar. “É o ônus da coerência. Há uma cobrança popular pelo fim dos privilégios das autoridades. Há os que combatem, mas que não abre mão dos seus. Eu abri mão dos meus privilégios”. 
Álvaro também falou que, no Senado Federal, não recebe nem a verba indenizatória e tampouco o auxílio-moradia, que é no valor de R$ 5.500 reais. “E não uso apartamento funcional. Portanto, eu abro mão de mais de R$ 50 mil reais por mês, que são os privilégios que são os benefícios. Nós temos que combater, mas temos que dar o exemplo. É preciso abrir mão dos nossos privilégios para poder combater o dos outros, senão nós não temos autoridade”. 

Postar um comentário