DATAHOSTING

PARTNER

Mostrando postagens com marcador Polícia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Polícia. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 20 de março de 2017

Tony Ramos fala sobre operação da PF que envolve a Friboi

Créditos: reprodução/Youtube
Tony Ramos em uma das propagandas da Friboi
O ator Tony Ramos se pronunciou nesta sexta-feira, 17, sobre a Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que envolveu uma das empresas para as quais ele fez peças publicitárias.
A marca Friboi pertence à JBS, que foi um dos grande frigoríficos que foram alvo da operação da PF deflagrada hoje.
Segundo investigação, frigoríficos pagavam propina para fiscais do Ministério da Agricultura para que pudessem produzir alimentos sem respeitar critérios de higiene.
“Estou surpreso com essa notícia. Eu sou apenas contratado pela empresa de publicidade, não tenho nenhum contato com a JBS”, esclareceu o garoto-propaganda da Friboi ao site Ego.
“Eu já visitei uma das fábricas, continuo comprando produtos Friboi, eu tenho carnes deles agora no meu freezer e uso nos meus churrascos do fim de semana”, disse o ator, afirmando também que vai entrar em contato com a empresa para saber mais detalhes.

sábado, 12 de novembro de 2016

URGENTE: Concurso PM/RN 2016/2017: Comissão é definida! Edital até dezembro com 600 vagas e até R$7,9mil!

Resultado de imagem para concursoO edital de concurso público da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (Concurso PM/RN 2016-2017) será divulgado muito em breve. Em entrevista realizada na última segunda-feira, 24 de outubro, o governador do Estado, Robinson Fari, confirmou que o concurso será divulgado até o final do ano com nada menos que 600 vagas. “Até dezembro estarão disponíveis todos os editais para o concurso da PM, Itep, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil”, frisou.
Já no Diário Oficial do Estado da última quinta-feira, 10 de novembro, foi divulgado um importante passo para abertura do edital. Uma comissão especial foi constituída para acompanhamento do certame, definição da organizadora e outros detalhes do edital de concurso da Polícia Militar. A comissão é formada pelo subsecretário de Recursos Humanos, Werbert Benigno, Carmem Lúcia, da Escola de Governo, pelo Tenente Coronel Andre Gustavo, major Ezau Macedo e pelo capitão João Batista.
A expectativa é que o concurso tenha vagas para o Curso de Formação de Soldados (CFSD), Curso de Habilitação a Oficiais (CHO) e para o Curso de Formação de Oficiais (CFO). O salário de Soldado da PM-RN será de R$ 2.900 mil reais após o curso formação, enquanto na função de 2º Tenente (primeiro posto na carreira do oficial), o subsídio chega R$ 7.900 reais mensais após o curso de formação.

Prepare-se: Apostila Concurso PM-RN 2016/2017 – Soldado – Nível Médio

Requisitos – Concurso PM/RN

De acordo com o último edital de concurso público da PM/RN, os candidatos devem atender os seguintes requisitos para concorrer a uma das vagas no certame:
  1. Para a investidura do cargo o candidato deverá ter sido aprovado em todas as etapas do concurso, inerentes ao cargo que deseja ocupar.
  2. Para o cargo de policial militar masculino, o candidato deverá ser brasileiro nato ou naturalizado, na conformidade da Lei.
  3. Possuir ilibada conduta pública e privada, comprovada documentalmente por certidão de antecedentes criminais (ITEP), certidões negativas emitidas pela Justiça Federal, Eleitoral, Militar e do Distribuidor Criminal, demonstrando não estar, o candidato, indiciado, denunciado ou em cumprimento de pena criminal, inclusive até o término do CFSd.
  4. Não ter sofrido condenação criminal, com pena privativa de liberdade ou qualquer condenação incompatível com a função policial militar.
  5. Estar quite com as obrigações militares, devendo ser portador do Certificado de Reservista ou de Dispensa de Incorporação.
  6. Não ter sido isentado do serviço militar por incapacidade física definitiva.
  7. Ter, no mínimo, 1,65m de altura.
  8. Ter, no mínimo, 19 (dezenove) e, no máximo, 30 (trinta) anos de idade.
  9. Haver concluído o Ensino Médio ou equivalente, devidamente comprovado, por meio de diploma, certificado ou declaração reconhecidos legalmente, por Secretaria da Educação de qualquer das Unidades Federativas Brasileiras ou pelo Ministério da Educação.
  10. Para o cargo de policial militar os documentos comprobatórios dos requisitos acima enumerados deverão ser apresentados na ocasião da matrícula no Curso de Formação de Soldados, sob pena de anulação sumária da inscrição e de todos os atos decorrentes.

Último Concurso

O último concurso realizado pela Polícia Militar do Rio Grande do Norte PM/RN aconteceu em 2005. Na época, a organizadora do concurso foi a Consultoria em Projetos Educacionais Ltda. (Consultec). Os inscritos foram avaliados por exame intelectual, avaliação de condicionamento física, exames de saúde e curso de formação de soldado. O edital contou com 1.000 vagas para Soldado.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Concurso Polícia Civil PC/SP 2017 já consta no orçamento! Previsão de 4.496 vagas para nível médio e superior e até R$10mil!

Resultado de imagem para concurso polícia civilDe acordo com o projeto de lei orçamentária de 2017, a Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC-SP) conta com nada menos que R$115,5 milhões destinados à realização de concursos, cursos de formação e aperfeiçoamento dos policiais integrantes da corporação. O número chega a ser quatro vezes maior que o orçamento reservado no fim do ano passado. Atualmente o órgão está concentrado em um processo de restauração das carreiras, que reúne autoridades da área de segurança e sindicatos policiais.
A PC/SP já enviou um novo pedido de concurso para o setor responsável, a Secretaria de Gestão Pública (SGP-SP), para em seguida ser analisado pelo Governador do Estado, Geraldo Alckmin.  Anteriormente o pedido havia sido para 3.176 vagas. Agora, o número é bem maior. O novo pedido contempla nada menos que 4.438 vagas, sendo 2.074 vagas para preenchimento por novos concursos e 2.364 para convocação de aprovados. A expectativa é que o concurso seja realizado no início de 2017

Prepare-se: Apostila Concurso Polícia Civil – São Paulo

Das 2.074 vagas a serem preenchidas no novo concurso, 253 são destinadas a candidatos de nível médio completo e 1.821 para nível superior. Os salários iniciais oscilam entre R$ 3.365 a R$ 10.079,28, por até 40 horas semanais.
Para nível médio, as chances são para Fotógrafo Técnico Pericial (86 vagas), Desenhista Técnico Pericial (40 vagas), Atendente de Necrotério Policial (59 vagas) e Auxiliar de Necropsia (68 vagas). O salário chega a R$ 3.365 (para atendente de necrotério) e R$ 4.023,29 para os demais.
Já para nível superior as chances são para investigador de policia (1.012 oportunidades), escrivão de polícia (296 vagas), perito criminal (329 vagas), médico legista (104 vagas) e delegado de polícia (80 vagas). Os salários ficam da seguinte forma:
  • R$ 4.171,49 para investigador e escrivão;
  • R$ 8.538,49 para perito e legista; e
  • R$ 10.079,28 para delegado.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Bonitão da PF "substitui" japonês na prisão de Eduardo Cunha


Wilson Dias/Agência Brasil/Reprodução/Facebook

Nesta quarta-feira (19/10), a prisão do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) bombou nas redes sociais não apenas pela decisão do juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal de Curitiba, mas também pela beleza de um dos policiais.
Lucas Valença, 30 anos, está bombando nas redes sociais como o "samurai hipster lumbersexual" da Polícia Federal. Lucas estudou num colégio particular, em Goiânia. No seu perfil no Facebook, ele aparece como "solteiro". Ele é formado em engenharia.


As imagens do embarque de Cunha, no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, acompanhado do policial, se tornaram viral. O homem de barba e coque não passou despercebido. "Ele podia me prender quantas vezes quisesse", escreveu um internauta. 

Lucas aparece em memes do Whatsapp e ganhou uma matéria no site de humor Sensacionalista. "Urgente: policial com kit galã feio hipster efetua prisão de Eduardo Cunha", destacou a página no Facebook Galãs Feios (dedicada a homenagear homens bonitos).


quarta-feira, 20 de julho de 2016

Concurso Polícia Federal 2016 – Pedido de concurso é analisado! Até R$ 17.203,85!

O novo Governo tem a promessa de fortalecer a cúpula de segurança pública, principalmente a Polícia Federal, que tem desenvolvido papel fundamental em operações de extrema importância no país. Para isso, terá que repor o quadro de servidores através de concurso público (Concurso Polícia Federal 2016).
E parece que a promessa não ficou somente na teoria. Isso porque, o processo que trata da consulta de verba para realização do Concurso Polícia Federal 2016, recebeu, em 09 de junho, uma nova movimentação na pasta do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Agora, o pedido é analisado pela Coordenação-Geral de Carreiras, Concursos e Desenvolvimento de Pessoas IV/DECDP-SEGRT/SEGRT/Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (veja abaixo).
Movimentação - Concurso PFA Polícia Federal solicita concurso com 558 vagas. Desse total, 491 será para delegado e 67 de perito, ambos de nível superior, com remuneração de R$17.288,85 no início da carreira, incluindo o auxílio-alimentação, de R$458. A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) frisou que há a necessidade extrema de recursos humanos enfrentada pela PF, apontando que as quase 500 vagas ociosas no cargo de delegado equivalem a cerca de 30% do efetivo. A ADPF já ressaltou que a realização desse concurso depende unicamente do ministério e da existência de orçamento.
No entanto, nada impede que o concurso Polícia Federal 2016 seja autorizado este ano, já que as admissões seriam feitas apenas em 2017, considerando o tempo necessário para a conclusão do concurso. Em anos anteriores, mesmo com a suspensão de concursos, órgãos de segurança pública, saúde e educação ficaram isentos das medidas fiscais para reajuste das contas públicas. Além disso, o decreto nº 8.326, garante que a Polícia Federal não necessita mais de autorização do Planejamento para realizar concursos. Entretanto, o MPOG precisa confirmar a existência de verba para o preenchimento das vagas.

Prepare-se e saia na frente: Apostila para o Concurso da Polícia Federal em 2016 – Atualizada

Concurso Polícia Federal 2016 é urgente!

Já não é mais novidade! É destaque diário em todo noticiário nacional, em função da atuação nas operações Lava-Jato e Zelotes, desarticulando esquemas milionários de corrupção, que a Polícia Federal (PF) também conta com uma face ineficiente. Isso porque, o órgão, segundo informou o Tribunal de Contas da União (TCU), está com efetivo insuficiente para combater os ilícitos praticados nas regiões de fronteira. Na opinião do presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Jones Leal, o departamento deveria quadruplicar o quantitativo de policiais nessa faixa do território, que hoje não chega a 500. “No mínimo, na pior das hipóteses, necessita de 2 mil policiais”, frisou.
Segundo Jones Leal, da Fenapef, mesmo que isso não ocorresse, o quantitativo seria insuficiente: “Nosso problema nas fronteiras é gravíssimo. Temos faixa de fronteira de 100 quilômetros sem nenhum policial. Fronteira seca por onde entra e sai todo tipo de ilícito”, alertou. “Nós não fabricamos AR-15, não fabricamos M16, não fabricamos AK-47, não fabricamos nenhum tipo de armamento pesado, e eles estão todo dia sendo apreendidos pelas polícias do nosso país”, lamentou. Atualmente, a PF quer a abertura de 558 vagas de nível superior (sendo 491 dedelegado e 67 de perito).
O presidente da Federação, Jones, ainda frisou que há a necessidade de contar com mais policiais de campo. “Precisamos de agentes, escrivães, papiloscopistas. De policiais que realmente façam o serviço de repressão, seja ele de forma ostensiva ou investigativa”, defendeu. E de acordo com Leal, não está sendo cumprido o Decreto 8.326/14, que determina que os concursos para cargos policiais sejam realizados sempre que o quantidade de vagas ociosas exceder 5% do total existente para o respectivo cargo. “Os cargos de agente, escrivão e papiloscopista já excederam esse limite há muito tempo. Só no cargo de escrivão, dos que entraram pelo último concurso, quase 30% já saíram”, concluiu, apontando ainda que a formação de cada policial custa R$120 mil aos cofres públicos. A última seleção para escrivão foi para 350 vagas.
Nos últimos seis, sete anos, quatro mil policiais deixaram o departamento em virtude de aposentadoria ou outros motivos, sem que esse quantitativo tenha sido reposto. E com o encolhimento do quadro, vem a sobrecarga. “Temos colegas trabalhando 12 por 12 horas nas fronteiras, porque não tem efetivo”, relatou. Para o sindicalista, os reflexos de um efetivo maior poderiam ser sentidos até mesmo na Operação Lava-Jato, cujos especialistas não conseguem estimar um fim, tamanho o alcance dos esquemas criminosos. “Já teria solução, com a condenação ou não dos envolvidos. O processo é lento porque tem 30, 40 pessoas trabalhando em uma operação de uma grandeza, de uma magnitude dessas.
Para concorrer a uma das vagas no concurso da Polícia Federal, o candidato deve ter nível superior completo e carteira de habilitação, na categoria B ou superior. Para delegado, é necessário o bacharelado em Direito, além de experiência mínima de três anos em atividade jurídica ou policial. No caso de perito, a formação exigida varia conforme a área de atuação. O salários das funções chegam a quantia de R$17.203,85 no início da carreira, já incluso o auxílio-alimentação, de R$373.
Já os cargos de agente, escrivão e papiloscopista podem participar candidatos com graduação em qualquer área de formação. Os salários inicias chegam R$7.887,33 com auxílio. Além da remuneração, a Lei 12.855 garante os policiais da fronteira, o pagamento de uma indenização no valor de R$91 por dia de trabalho, podendo gerar ganhos adicionais de até R$2 mil por mês, aproximadamente.

Concurso também para nível médio da Polícia Federal 2016

O presidente da Associação ainda afirmou que o departamento aguarda apenas a disponibilização de recursos orçamentários para preencher os cargos vagos de delegado, assim como promover a contratação de 5 mil servidores administrativosPara saber mais sobre o concurso Polícia Federal 2016 – Nível Médioclique aqui.