DATAHOSTING

Mostrando postagens com marcador Texas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Texas. Mostrar todas as postagens

domingo, 19 de março de 2017

Deputada do Texas propõe lei para multar homens que se masturbam

Como os homens se sentiriam se as leis restringissem seus direitos sobre a procriação e o controle de sua sexualidade? Esta parece ser a ideia por trás da iniciativa de Jessica Farrar, uma deputada democrata do Texas, nos Estados Unidos.
Jessica Farrar. Foto: AP.
Farrar usou uma abordagem incomum para protestar contra as leis que limitam o acesso das mulheres ao aborto e ao planejamento familiar: ela propôs uma lei para multar os homens em 100 dólares cada vez que se masturbarem.
A proposta de lei satírica 4260, apresentada no Congresso texano, estipula que cada homem enfrente uma penalidade por cada emissão de sêmen fora de uma vagina ou centro médico, o que seria considerado um desperdício, já que o mesmo não será destinado a conceber um filho.
A masturbação seria considerada “um ato contra uma criança prestes a nascer, por não preservar a santidade da vida,” segundo a legislação. O dinheiro arrecadado com as multas beneficiaria as crianças sob a custódia do Departamento de Serviços Familiares e de Proteção.
Além disso, Farrar obrigaria todos os homens que solicitassem uma vasectomia ou receita de Viagra a se submeterem a um “exame retal, desnecessário sob o ponto de vista médico”.
Esta última iniciativa é uma resposta à medida que define que uma mulher que solicita um aborto no Texas precisa se submeter a um ultrassom vaginal, que “não tem nada a ver com a sua saúde”.
A deputada democrata disse ao jornal Houston Chronicle que sua proposta satírica busca chamar a atenção para o escrutínio extremo ao qual as mulheres são submetidas por causa de suas decisões relacionadas ao cuidado da saúde e ao planejamento familiar.
“Muita gente acha a lei engraçada,” comentou Farrar em uma entrevista por telefone. “O que não é engraçado são os obstáculos impostos pela legislação que as mulheres do Texas enfrentam todos os dias, o que torna muito difícil o acesso à assistência médica”.
Farrar está cumprindo seu 11º mandato como representante estadual do distrito 148. Seus esforços têm foco principalmente em assuntos que incluem a saúde feminina, agressão sexual, direitos reprodutivos, discriminação, justiça juvenil e violência doméstica.
Na semana passada ela se pronunciou publicamente contra o projeto de lei que propõe que os hospitais enterrem ou cremem os restos fetais. “A lei dos restos fetais impõe crenças morais patrocinadas pelo estado às mulheres, afetando sua capacidade de tomar decisões pessoais com seus médicos,” ela escreveu em seu Twitter.
Até o momento a legislação satírica está atraindo muita atenção e gerou um debate sobre os padrões desiguais que regem a saúde reprodutiva de homens e mulheres.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Texas prevê executar mulher nesta quarta-feira, a 14ª nos EUA desde 1976

Austin, 5 fev (EFE).- O Estado do Texas deve executar na última hora desta quarta-feira a detenta Suzanne Basso, condenada pelo assassinato de um homem com incapacidade mental e que se tornaria assim a 14 mulher a morrer desta maneira nos Estados Unidos desde a reinstalação desta prática em 1976.
A execução de Basso seria também a quarta no estado do Texas desde que se permitiu de novo a pena de morte no país.
Embora 10% dos casos de assassinato sejam cometidos por mulheres, os níveis de pena capital são mínimos para elas: representam 2,1% dos presos no corredor da morte e cerca de 1% das execuções, segundo dados do observatório Death Penalty Information Center.
O diretor-executivo do observatório, Richard Dieter, explicou hoje à Agência Efe que "as mulheres que cometeram um crime não costumam ter os agravantes de um assassino em série ou de qualquer condenado à pena de morte", como um estupro, sequestro ou assalto, além do homicídio.
"A mulher costuma cometer crimes contra alguém que conhece: um membro de sua família, uma criança, um conhecido", argumentou.
Por conta disso, das 1.365 execuções nos EUA desde 1976, apenas 13 foram mulheres.
O advogado de Suzanne Basso, Winston Cochran, não descartou recorrer de última hora e alegar desordens mentais em sua cliente, depois que uma Corte de Apelações descartou as alegações nesta terça-feira.
Se não conseguir adiar a execução, Basso, de 59 anos, será a primeira mulher a ser executada desde junho de 2013, quando o Texas alcançou o número simbólicaode sua execução número 500 da era moderna com outra mulher, Kimberly McCarthy.
Incluindo Basso, há oito mulheres esperando a pena capital no Texas, o estado com mais execuções do país e que, com a de hoje, também se transformaria na região com mais mulheres mortas por pena capital.
Suzanne Basso foi condenada no condado de Harris em 1998 pela morte de Louis "Buddy" Musso, um homem com incapacidade mental de Nova Jersey que se mudou ao Texas persuadido por Basso, que acabou se beneficiando dos seguros médicos do homem e o torturando fisicamente. EFE

Fonte: Yahoo Notícias/EFE

sábado, 20 de julho de 2013

Mulher morre ao cair do alto de montanha-russa no Texas

Washington, 20 jul (EFE).- Autoridades de Arlington, no Texas (Estados Unidos), investigam neste sábado a morte de um mulher que caiu do alto de uma montanha-russa, acidente que poderia ter ocorrido por uma falha na colocação da barra de segurança.
A queda aconteceu na tarde de sexta-feira no parque Six Flags Over Texas, que foi fechado após o acidente.
A mulher estava com seu filho, que após o percurso na atração gritava que sua mãe tinha caído, segundo relatou à emissora "CNN" a testemunha Gabe Flores.
Carmen Brown, outra visitante que estava atrás da mulher no brinquedo, afirmou que viu a queda.
"Quando a montanha-russa estava a ponto de descer, a barra de segurança afrouxou e ela caiu. Não a prenderam o suficiente", disse ao jornal "The Dallas Morning News".
"Ela pediu que ajustassem mais a barra e disseram que já estava bom", acrescentou.
A polícia local evitou comentar sobre o incidente, mas vários equipes de investigadores começaram a trabalhar para determinar as causas da queda, informou a emissora "CBS".
A montanha-russa, inaugurada em 1990, tem uma altura de 46 metros em seu ponto mais alto, segundo o parque. Fonte: EFE